A Empresa

A BLUEMATER, tem a sua actividade principal no tratamento de águas potáveis e residuais, para os quais desenvolve e comercializa sistemas de última geração, prestando ainda serviços de assistência técnica e manutenção dos equipamentos instalados, de modo a garantir o seu correcto funcionamento.
No que respeita as águas potáveis, a BLUEMATER privilegia os sistemas de tratamento de última geração por membrana, tanto de ultra-filtração, quando se pretende remover sólidos em suspensão e carga orgânica, como de osmose inversa, quando as águas se encontram salinizadas e é necessário remover sais. Ambos os métodos são eficazes na remoção de bactérias, vírus e protozoários causadores de doenças e são aplicados de modo seleccionado consoante as características da água. Quando se pretende acumular água e se quer garantir a sua potabilidade por longo tempo, são privilegiados os métodos de desinfecção por electrólise ou ozonização, já que não requerem a adição de oxidantes químicos, evitando erros de dosagem e assegurando um funcionamento contínuo e quase autónomo. Os métodos físico-químicos tradicionais são assim evitados.

Quanto às águas residuais, a BLUEMATER desenvolve soluções próprias de tratamento biológico e aplica os sistemas mais avançados de remoção de sólidos suspensos, tendo em vista a ecoeficiência. Um dos produtos, o leito percolador NATANTIA® encontra-se patenteado, a TORRE BIOLÓGICA SYCON tem patente submetida e outras patentes estão em preparação. As principais vantagens do método de tratamento da BLUEMATER são o reduzido consumo eléctrico, dimensões compactas, reduzida manutenção e grande autonomia. Os sistemas de tratamento da BLUEMATER podem ser instalados à superfície e são cerca de 10 vezes mais pequenos e poupam 8 vezes a energia dos sistemas de lamas activadas tradicionais.
Outra inovação desta empresa é o tratamento terciário por microalgas, com vista à reutilização da água e a melhor gestão de lamas resultantes do processo, que são normalmente um problema, que a BLUEMATER tornou numa vantagem, pela sua fácil gestão como RSU ou até como fertilizante agrícola. Também no capítulo do tratamento terciário, aplica o sistema de tratamento por MBR (Membrane BioReactor).